Mais Que Só Outro Texto Poético

 

Manhã… Tarde… Noite… Este ciclo contado no mover de minúsculas engrenagens é como sopro, rápido passa e logo recomeça. O sol surge no horizonte trazendo as primeiras cores do dia, irradiando vida em um novo dia, e, logo, em tons de vermelho, despede-se. Vem, então, a noite, quando no firmamento fulguram incontáveis estrelas, e a lua desperta a poesia.
Para ler mais, clique aqui.

Tema III: À Minha Amada Irmã

Flores perpétuas, que é meu amor, a ti.

 

Como começar um texto? – É uma pergunta que você já deve ter feito. Em uma pauta, o compositor escreve a clave, que lhe dirigirá, e o compasso da música, que ditará o ritmo da sua obra (que pretensão a minha nesta analogia, correr o risco do erro). Em uma poesia, alguns poetas se usam da métrica e de esquemas rítmicos para delimitar, para fazer suas palavras soarem como música. Na prosa também há regras, mas me delongarei demais aqui.
Para ler mais, clique aqui.

“Intermezzo” do Tema I: Ao Meu Amado Poeta (-Pai)

 

 

Expressar o indizível em palavras – é a arte de um poeta – expressar as cores de um amanhecer ou pôr-do-sol, a vivacidade de um gesto, o som do silêncio, ou um sentimento, em palavras – esta é a arte de quem poetiza a vida, difícil arte.

Mas há mais difícil arte dentro desta arte, de fazer tão belas e profundas as palavras como são os sentimentos que as impulsionam, é a arte da homenagem. Bem conhece ambas, aquele a quem quero homenagear, neste dia propício, que já desfaz tal mistério.
Para ler mais, clique aqui.

Lágrimas Secas em Águas Turvas

Apelo à sensibilidade, não esclareço, ao fim, as metáforas.

 

Eis um sal que salga em amargor, em águas turvas: são lágrimas secas pelo fogo da inconformação. As águas turvas estão de apatia, e, na terra, semeia-se desamparo. Colheita miserável em desamparo, e colheita miserável em apatia egocêntrica.

Em desamparadas terras, semeia-se aos olvidados vil semente de engano apático egoísta; nada preocupa, senão as pérolas do sofrimento alheio, em tempos oportunos. Turvaram-se as águas de negro horror depravado.
Para ler mais, clique aqui.